terça-feira, 29 de novembro de 2011

Oficinas

Já vos disse que adoro ir com o carro à oficina? Estou a entrar e já estou a ver o olhar de: "Olha uma pequena que não percebe um cu desta merda, vamos chulá-la". A realidade é que percebo tanto de carros como de lagares de azeite.

Depois acontecem coisas como:
- "Menina precisa de mudar os discos xixi, são 100 euros"
- O quê? Eu preciso mesmo de mudar isso?

Independentemente da resposta deles, eu nunca acredito. Portanto a solução que arranjei foi fugir de oficinas como o diabo da cruz.

Eu: Pai, a luz vermelha dos travões do meu carro acende cada vez que faço uma curva.
Ele: Então vai com ele à oficina.
Eu: Eu?!?
Ele: Podes perfeitamente ir lá deixar o carro.
Eu: Pronto, se ficar sem travões, pode ser que não me magoe.. Quer dizer, posso bater num carro ou numa parede não tem de ser forçosamente num autocarro ou num camião...

Mãe: Leva o carro da rapariga lá, amanhã!


Não sei se vai funcionar, mas valeu a tentativa.

21 comentários:

Carolina disse...

Sempre ouvi dizer que a habilidade é do artista ;)

Poison disse...

Isso também resulta comigo!
o meu pai começou a levar o meu carro no preciso momento em que eu perguntei ao mecânico se ele conduzia com o ----- (isso mesmo)! estava sempre a dizer "são mulheres, estraga-se tudo"...

nunca mais pus os pés num mecânico, mas esta sempre bem tratado o carro!
:)

Mim disse...

Há uma solução para isso.
A luz só acende nas curvas? não faças a curva. Vai em frente. ahahahah

Gasper disse...

Carolina, vou abraçar a artista que há em mim ;)

Poison, ahahahah essa nunca me lembrei de dizer, mas vontade não faltou!

Gasper disse...

Mim, Ahaha ficas sabendo que fui informada que deve ser falta de óleo nos travões. E o problema do meu carro continuar sem me dizer a que velocidade vou, deve ser a bicha que saiu. (não sei que bicha, nem de onde saiu). Será que basta olear a bicha?

Ervilha Coscuvilha disse...

Ahaha! Adorei ;) sinto o mesmo que tu :o

TERESA SANTOS disse...

O teu paizinho tem razão, ora essa!

Fantasminha fracote!...

Os travões?
Se fosse a ti ia ver isso.
É que também há uns carrinhos marca Smart, conheces? São uns ENORMES...
Bates num desses e...?
E acordas ao colo do vendedor da loja da esquina.

Gasper disse...

Ervilha, sofremos todas do mesmo mal :p

Teresa, desde que não me magoasse ;)

patrícia disse...

Oh Gasper, e tu deixas que eles te meçam aos palmos? Mostra-lhes que és uma fera que eles até te fazem um desconto, ahahah

Ju disse...

ahahah. Que chantagem psicológica gasper :P, mas vê lá isso.. a tua vida é dada a esses filmes, ainda te espetas contra um camião!

Susi disse...

Pode ser que encontres um mecânico jeitoso! Baah, acho que isto só existe nos filmes :D

Gasper disse...

patrícia, ahaha tens razão pá! É uma vergonha. Enquanto conseguir evitar :p

Ju, ahhaha é disso que tenho medo, da minha queda para o ridículo :)

Patrícia disse...

Hahaha chantagem! Vá, resulta, é o que interessa :D

Gasper disse...

Susi, ahaha realmente acho que só mesmo nos filmes.

Patrícia, foi só no gozo. Ele refila, mas leva sempre o carro à oficina. Da última vez briguei a séria lá com o mecânico (e acho que não tinha razão)

MartaP. disse...

eheheh! ainda nao me aconteceu nada do genero... mas tenta ir toda gira e boa, pode ser que eles te façam um desconto xD

Beu, a Ruiva. disse...

Ahahah ... o quanto não nos vale ter um pai por perto :)!
O meu também é um fixolas !

Mim disse...

Eu fiz o comentário a brincar, mas pra mim ficou logo evidente que era esse o problema. Aquilo tem um sensor montado numa bóia, no reservatório, tipo autoclismo e quando o nível desce acende a luz. Antes de chegar ao mínimo, começa a acender nas curvas que é quando o líquido se desloca pela força centrífuga e, momentaneamente, fica abaixo do nível mínimo.
Mas esse não é o maior problema. Problema é reparar a avaria que deixou o óleo abalar. Normalmente um retentor numa das bombas, ou na bomba central, ou em várias quando o carro é velhote. Por vezes, se o nível já estiver um pouco baixo, o desgaste das pastilhas leva os embolos a terem de ir mais à frente e esse espaço tem de ser preenchido com óleo, o que faz baixar o nível no reservatório.
Como vês, não dou só lições de bom português... (porra, isso foi à Susi ahahah).

Cara de Bolacha disse...

eu tenho um amigo que é cromo dos carros e eu não percebo um chavo. Sempre que estou com ele, ele fala da marca x, do pneu y, do motor z. É uma equação portanto! Como abano smp a cabeça ele deve pensar que estou a perceber... Qq dia digo-lhe: Tás a falar outra língua! No te entiendo! Tenho medo dele se mandar para o chão! ;)

http://cara-de-bolacha.blogspot.com/2011/11/educacao-nao-e-para-ficar-em-casa.html

às 27h no meu blog disse...

Ao menos tentas então :P

Gasper disse...

Marta, ahahah posso sempre tentar testar essa hipótese :P

Beu, ora nem mais ;)

Mim, não fiquei mais descansada! Isso cheira-me a coisas caras :( Olha senhor professor não queres arranjar o meu carro? Não podes dar só aulas ahahaha :p

às 27h no meu blog, não custa tentar :p
Cara de Bolacha, um bocadinho desse conhecimento dava-me jeito ;)

eu-sou-eu disse...

Eu sou assim, mas com as mulheres cá de casa que o senhor Pai nem carta tem xD