quarta-feira, 30 de novembro de 2011


Ahhh, saudades do tempo em que me perguntavam: "O que queres ser quando fores grande" e parecia uma coisa longínqua...Quando for grande..

Lembro-me de querer ser:

- Professora;
- Bombeira;
- Polícia Sinaleira;
- Cabeleireira;
- Trabalhar em qualquer sitio que tivesse um caixa registadora.

Definitivamente não explorei todos essas vertentes e continuo sem ser grande.

16 comentários:

faa disse...

:O
Eu sempre disse que queria ser Sinaleiro!
Só mais tarde é que me lembrei que gostava de animais e por isso queria ser Veterinário.

E mais tarde ainda é que descobri a minha vocação :)

estrela disse...

olha eu tb queria ser professora e tb sou do signo gémeos como tu!!!
e tb acho que nunca mais sou grande em termos de cabeça...às vezes fico surpreendida pela negativa comigo mesma pelos erros que cometo....
:(

Ju disse...

Muito, muito pequena cheguei a dizer que queria ser cabeleireira e trabalhar na caixa de supermercado (que bom, ein?!), mas rapidamente me decidi por educadora de infância e até hoje a ideia não mudou :)

Meia Dose disse...

há uns aninhos valentes, o dialogo comigo era o seguinte:

- que queres ser quando fores grande?
- Pai Natal.
- O.o Pai Natal porquê?
- porque só trabalha uma vez por ano *.*

e é isto!

patrícia disse...

Eu tinha uma qualquer paixão por veterinários ou médicos, estava muito decidida.
Agora que estou no 11º, não faço ideia. Acho que vou para descascadora de batatas :c

André disse...

Eu queria ser uma princesa...

Ou abrir uma padaria.

Agora sou um infeliz dono de um atelier de Arquitectura.

Susi disse...

Ahahah, vai para professora universitária que é o mais bem pago deles todos :p e deve ser porreiro!

Miss Murder disse...

Por acaso não me lembro do que queria ser...

Gasper disse...

faa, o sinaleiro tem qualquer coisa de aliciante realmente :)

estrela, não sei se algum dia vou ser grande de cabeça.. mas consigo rir da maior parte das minhas asneiras, as outras dão me vontade de bater com a cabeça na parede ahah

Ju, e é muito bom sinal não ter mudado :))

Meia Dose, ahahah! Não sei como não me lembrei disso. Adorei!

patrícia, é uma decisão difícil sem dúvida. Descasgadora de batatas parece-me bem, até posso requisitar os teus serviços de vez em quando :P

André, então agora és uma princesa dona de um atelier de Arquitectura ahah

Susi, vou nada pá! Agora espero não mudar de profissão :)

Miss Murder, também acontece.

Mim disse...

Curioso... nunca me perguntaram tal coisa. Quando tinha 11 anos a minha mãe arranjou-me emprego numa loja e disse-me:
Vais ser moço de recados! ahahahah

Gasper disse...

Ahaha Senhora despachada, a tua mãe :)

Patrícia disse...

Haha conheço uma pessoa que quer ser um esfregão daqueles da loiça! Já reparaste que não gosto dela, certo? :D

Gasper disse...

Ahaha Quem?! não me digas que é a minha descascadora de batatas! eheh

Patrícia disse...

Não! Coitadinha! :D É uma... querida colega nossa... :D

Gasper disse...

Ahhh bom!! Fico muito mais descansada :)) Parece que temos que ter sempre uma dessas na nossa vida.

eu-sou-eu disse...

Eu sempre quis ir para medicina! Depois passei por outras profissões, mas eram sempre conciliadas com a medicina :$