quinta-feira, 22 de março de 2012

Cagões

A culpa de meia infelicidade portuguesa é da cagança. Metade deles, se não fossem uns cagões de primeira possivelmente era mais felizes. Como é que se mede o sucesso de alguém? Como se mede o facto da vida correr bem? É simples:

- Ter uma casa de sono, com 3 quartos a mais: assim com um escritório ou dois, e mais dois quartos para o caso de se querer parir mais alguma vez. Não interessa se depois não conseguem mobila-los;

- Plasmas espalhados pela casa. 5 ou 6, até na casa de banho, porque não vá o diabo tece-las e uma pessoa querer cagar quando está a dar a casa dos segredos;

- Sistema de som, senhores é algo imprescindível.

- Telemóveis topo de gama, que depois usam apenas para mandar sms e receber telefonemas. Mas são giros e caros e é importante ter essa merda.

- Carros novos, de prestígio, brilhantes e com cores vivas. Não interessa se depois não têm dinheiro para o combustível e evitam usa-los para poupar trocos, o importante é que têm.

Ouvir de alguém, dono de um T4 no qual mora apenas com o namorado, que não pode ir jantar fora porque a prestação da casa está demasiado alto e que não pode ir tomar café a certos sítios porque o combustível está caro, ouvir desta criatura:

És mesmo pelintra, carro da merda, telemóvel da treta. Pelo amor de Deus mulher, tu investe na tua imagem.

Ouvir isso, desperta-me uma certa boa disposição porque a burrice até se pode contornar, mas a cagança não. Vomitar de alto é doença.

Aqui a pelintra, está-se a cagar. É que estou mesmo. Portanto aqui a pelintra, não tem uma série de coisas, mas vai jantar fora, vai lanchar onde quer, vai passear no seu boguinhas. Foda-se e a pelintra sou eu?
Vão cagar para o raio que vos parta.

23 comentários:

J. disse...

concordo perfeitameente contigo*

J. disse...

concordo perfeitameente contigo*

Ritinha disse...

A raça dos cagões é má... Têm TUDO, não têm dinheiro para nada, e devem estar cheios de dividas, mas mesmo assim são os maiores... Raça triste!

A Tulipa Azul disse...

lololol, tens toda a razão, APOIADO:)

Patrícia Teodoro disse...

Plenamente de acordo, detesto caganças assim como detesto que gosta de tirar os nabos da púcara para depois criticar...ah e tal mas viajas tanto, como??? Minha gente tenho o mesmo carro há quase 11 anos, tenho uma mega tv na sala porque adoramos ver filmes e séries, tenho dois telefones sim porque metade da malta é 96 e metade é 91 e eu adoro falar ao telefone, tenho um telefone da merda e um XPTO porque necessito deste para trabalhar. Sistema de som nem sei o que é? Tenho um closet sim porque a casa tem uma assoalhada a mais e eu tenho a mania das arrumações, mobilei como pude e foi coisa que se foi fazendo...não compro roupas de marca só porque é fixe mostrar, compro os vernizes mais baratos porque passados dois dias estão "lascados" tal com uns chanel,,,enfim caganças de merda...Mas há um prazer e uma cagança que ninguem me tira ADORO viajar! beijos

Gasper disse...

Patrícia, isso não é cagança! Isso é viver de acordo com as tuas possibilidades, com os luxos a que te podes dar. Não estás a viver para os outros estás a viver para ti. Eu também tenho os meus luxos, mas não os tenho porque fica bem, tenho porque gosto e porque abdico de outras coisas para os ter :)

Ju disse...

Já me encontrei muitas vezes no lado dos cagões... quer dizer não é bem dos cagões, sou viciada em roupa e gosto muito de telemóveis e abdicava de outras coisas para ter isso... hoje em dia começo a dar mais valor a jantares, almoços, cinemas, passeios do que às outras coisas.. porque ao fim ao cabo isso acaba por nos fazer bem mais felizes. Estando do lado errado ou não concordo 100% com o que disseste!

anokas disse...

Gente que só quer mostrar que tem isto e aquilo e depois passam fome e enchem-se de dívidas.

Sara Mendes disse...

A-DO-REI !

*Nightwish* disse...

Conheço uma frase que se aplica mais que bem a estes casos: se a mania fosse esterco, andavas todo cagado. É que é mesmo!
Bjs*

CoisasDaGaja disse...

O post do mês! Bravo! :D

CoisasDaGaja disse...

Este texto foi partilhado no meu blog, devidamente identificada autora e todos os créditos atribuídos!
É assertivo e verdadeiro! Tinha de ser partilhado.

;)

Palmier Encoberto disse...

ahahahhahaha com um telemóvel e um carro, ficamos automaticamente umas divas irresistíveis... que criatura-calhau!

patrícia disse...

Totalmente de acordo Gasper!
Eu odeio essa gentinha que parece só se arma em boa e que, possivelmente, chega a passar fome para mostrar que é gente. Foda-se, gente é quem sabe viver com o pouco que tem sem fazer disso uma máscara!

guess disse...

É que é tal e qual.
Felizmente que a "felicidade" ainda não se pode comprar e somos obrigados a encontrá-la onde ela estiver.
Eu tenho um Nókia 1208, um Seat com 14 anos, uma casa a cair e desabitada numa aldeia (negócio de merda ahah) e uma arrendada na cidade.
Na maior parte dos dias acordo feliz só pelo prazer de acordar.
É que os mortos não acordam ahah.

Estudante disse...

Epá, gostei! Muito bem ;)

Raven disse...

Quem vive para a aparencia, para dar satisfação visual aos outros e nem se apercebe do ridiculo, vazio e amargurado que é, dá-me piada! Como é possivel ser tão parvo??

Manteiga disse...

go gasper, go !

Coquinhas disse...

ora toma que é mesmo assim :D essa gente se se calasse mais valia.Buh :x beijinho

às 27h no meu blog disse...

E nem mais!!
Tem dinheiro para tanta merda e depois privam-se de lancharem fora ou de comer um gelado quando lhes apetece... Não podia estar mais de acordo :p

teardrop disse...

Assino por baixo!!! É o país da ilusão... é por causa desta gente que estamos endividados até às orelhas, só pelo "parecer bem"! Raio que parta, sou como tu! Prefiro viver a vida! Temos uma tv em casa e chega, mas fazemos a vida com que sonhámos!
Beijinhos

Kim III disse...

É deste tipo de leviandades que falo na minha última publicação, é deste tipo de mentalidade que tenho VERGONHA. E também é por isso que digo que esta crise tem sido mais uma crise de luxos do que necessidades, porque o problema das pessoas é não poderem comprar roupa nova, ou um pc novo ou a merda para a tromba deles.
Continuo a dizer: és grande, Gasper!

Farruskinha disse...

Adoro a tua maneira de falar e tens toda a razão. De que vale ter essas coisas todas, se depois uma pessoa não tem € para usufruir. Mais vale não ter ou ter pouco, mas usufruir daqui que tem :)