quinta-feira, 5 de julho de 2012

Fora do meu tempo

Os telemóveis causam-me comichão, pronto já disse. Irrita-me o facto de as pessoas acharem que, por ter um dispositivo que me permitem estar sempre contactável, sou obrigada a estar sempre contactável. Parece que até meteram nos seus cérebros de amendoins que quando não atendo uma chamada tenho de justificar o porquê:

- Não me atendeste o telefone ontem porquê?
- Só me estás a ligar agora? Eu liguei-te há uma hora. Porque é que não atendeste?

Dou uma, de duas respostas possíveis (ambas verdadeiras):

1) Não ouvi o telemóvel (Porque está quase sempre sem som e porque não me apetece estar a olhar para ele);
2) Porque não me apeteceu. (Simples, mas estranhamente mal recebido pelas pessoas)

A parte de ser alvo de olhares reprovados quando estou a falar com alguém, o meu telemóvel toca (das poucas vezes que está com som), e eu para além de não atender o dito cujo ainda o coloco no silêncio, já não me incomoda. Não tenho a culpa dessas almas não compreenderem que, falta de educação é calares a pessoa com quem estás a falar pessoalmente, para atender um telefonema ou mandar uma mensagem (isso de mandar mensagem dá outroooo post)

E o pior, o que me faz mesmo ter pequenos ataques epilépticos, é quando chego ao telemóvel e tenho 10 chamadas não atendidas da mesma pessoa. Depois, processa-se o seguinte telefonema:

- Olá!!
- Alguém a morreu?
- Oh claro que não.
- Alguém está no hospital?
- Oh mulher não.
- Então ligaste-me 10 vezes seguidas porquê?
- Oh não me atendias o telefone e queria saber Blá Blá (que é como quem diz nada de jeito).
- Então volta-me a ligar apenas quando alguém estiver a morrer ou no hospital.

Senhores, é assim tão difícil perceber que quando uma pessoa não te atende à primeira, a não ser que estejas em pânico, não faz qualquer sentido ligar mais vezes? A pessoa não atendeu porque não está ao pé do telemóvel, não quis, não ouviu, pfffff who cares? Devolverá a chamada mal puder (ou no meu caso, algures no próximo ano).

Sei bem o jeito que dá ter um dispositivo móvel que, engana-se quem achar o contrário, eu dou bastante uso (quando quero/preciso). Gosto apenas de me lembrar que, as pessoas eram amigas antes de estarem sempre contactáveis, namoravam sem sms a cada 5 minutos, quando sentiam saudades procuravam em vez de lamentarem a ausência de resposta a uma sms que dizia que iam cagar.

Caguem calados, porra.

10 comentários:

belle du jour disse...

compreendo-te. cada um dá a importância que deseja ao bicho. o facto de me ligarem vezes sem conta deixa-me irritada

Susi disse...

Ai detesto quando ligam 10 vezes, é que realmente quando vemos isso até nos assustamos a pensar se aconteceu alguma coisa!!

S Maria disse...

Eu também raramente atendo xD Mandem-me mensagens, quando eu vir respondo. Por falar nisso, tenho que falar contigo xD

Ju disse...

ahahaha, sempre 'curta e grossa'! mas é verdade, por vezes, sinto o mesmo...detesto quando me ligam imensas vezes e eu não atendo exactamente por isso não me apetece... o meu namorado passa-se comigo diz que eu não sou normal, não gosto de falar com as pessoas, muito pelo contrário, eu falo até ficar rouca, mas pessoalmente!! E deve ser por não gostar que no que diz respeito a telefonar sou muito sensível, ou é mesmo algo 'urgente' q preciso de saber (mesmo assim nunca insisto mais do que uma vez!) ou caso seja algo sem muita importância mando sempre uma msg!

PINTA ROXA disse...

Posso bater palmas em pé a este teu post??
é a ler "estas coisas" que eu penso:
Porra afinal sou uma pessoa normal...

guess disse...

Detesto telefones e telemóveis em especial.
São uma intromissão na nossa vida, a qualquer hora do dia ou da noite.
Irrita-me que me liguem só porque sim e ainda queiram saber onde estou.

Patrícia disse...

Exatamente!!! Eu tenho uma colega minha, que quando ligamos a um amigo nosso para combinar alguma coisa e ele não atende, está sempre "manda mensagem!", "liga-lhe outra vez!". Epá que raiva!!! É mandar tudo com o catano xD

M disse...

Eu odeio falar ao telemóvel. Odeio mesmo!
E sempre que alguém manifesta que 'depois ligo.te' eu grito logo um: não me ligues que não atendo! Não gosto de falar ao telemóvel!

Experimenta, pode ser que funcione :P

Poppy disse...

Não é por mal, mas eu às vezes mando mensagens a dizer coisas como "vou cagar" para ver se a pessoa se cala xD

Patrícia disse...

Eu também tenho quase sempre o telemóvel em silêncio e não costumo falar muito ao telemóvel, a não ser com alguma pessoas mais próximas quando não posso estar com elas. Mas sempre que posso atendo. Lá está, se vir a chamada.