sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Histórias Compridas


Sabem aquelas pessoas que levam muito tempo a contar uma história? Aquelas que começam a contar o seu dia de quinta-feira, quando o querem contar só aconteceu na sexta à noite? Aqueles fofinhos que dizem "tipo ahh.. tipo.." 100 vezes a meio da história?

Pronto, aí eu ou deixo de ouvir (tenho a capacidade fantástica de continuar a olhar para a pessoa sem ouvir uma única palavra) ou começo a tentar adivinhar o que aconteceu.

Exemplo desta atitude possivelmente irritante:

-Olha não sabes o que me aconteceu ontem. Sai de casa logo de manhã, blá blá blá, errr e depois tipo fui tomar café..
Eu: E não tinhas dinheiro para pagar?
- Não é isso, eu estava lá a tomar café..
Eu: Entornaste o café por cima de ti?
- Não foi isso! Eu estava no café..
Eu: O homem do café peidou-se?
- Porra! Não! Encontrei o meu ex.
Eu: Já podias ter dito.

7 comentários:

Estudante disse...

Hahah! Adorei a imagem do google :P essas pessoas são um bocado exasperantes mas... cada um é como é!

Susi disse...

Muahahahahaha lindo!! :D é brutal tentar adivinhar o que as pessoas vão dizer interrompendo-as montes de vezes eheh. A minha mãe também se dispersa muito para contar alguma novidade ahah.

patrícia disse...

Ahah, também detesto essa gente que enrola até dizer o que quer.. mas às vezes faço o mesmo -.-

André disse...

Mas tipo.. pode ser para dar ênfase e criar um clímax na história!

Mim disse...

Opah, detesto quando começam a "adivinhar" o que vou dizer. Fico logo com vontade de terminar a conversa. loool

L.H. disse...

A minha mãe é assim!! Tal e qual! looool
Às vezes, dá-me vontade de a sacudir... :)

Anónimo disse...

QUE IDIOTA ISSO!CAR4LH0!