quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Cargas iguais repelam-se

Levei alguns anos até perceber a razão pela qual chocava tanto com o senhor meu pai. Hoje parece-me simples: ele é estupidamente teimoso, orgulhoso e não suporta quando não tem razão. Resumindo, somos extremamente parecidos.

Segunda-Feira, o meu pai levou o meu carro ao senhor doutor. Quando me entregou o carro disse-me, todo contente, que o mesmo estava impecável. Peguei no carro e comecei a treinar para motorista e fui buscar uns amigos. 

Com 5 pessoas no carro e uma bagageira a abarrotar iniciamos viagem. Mal entrei na via rápida, senti o carro todo a dançar. Saí rapidamente da mesma, explicando aos meus queridos companheiros de viagem que qualquer coisa se passava com o carro porque não estava a conseguir controla-lo.

Chego a casa:

- Pai, não posso ir no meu carro. Acho que tenho um pneu furado ou qualquer coisa no género.
- Não estás boa da cabeça, o carro está óptimo. Está impecável.
- Pai, o carro não está impecável. O carro está a fugir, eu não consigo conduzi-lo assim.
- Não está nada a fugir, está óptimo!

Gasper começa a ferver

- Não está óptimo! Como é que tu em casa, sentado no sofá, sabes que o meu carro está óptimo? Eu é que o estava a conduzir!!

Pai da Gasper começa a ferver

- Eu sei que ele está bom, tu é que és uma tonta. Estás com o carro cheio e como não estás habituada, meteste na cabeça que o carro não está bom.

10 minutos completamente ridículos de discussão depois, meti-me a caminho no carro de uma amiga.

Ontem chego ao carro e deparo-me com o pneu completamente em baixo. Primeira reacção?

- Paiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! O meu carro, sabes o que estava tão bom, impecável e óptimo? Tem um pneu furado.

Resposta: Não tenho a culpa de não saberes conduzir!

18 comentários:

A Minha Essência disse...

Risos... pais! :S

Kiss

Patrícia disse...

hahahaha adorei! xD

Niki disse...

ihhihihihihihihihiihhihihihi desculpa, não tem graça! :)

Bloguótico disse...

Humm...

... perceba-se ou não qualquer coisa de carros, um peneu furado salta à vista de qualquer um! Bastaria forçares o papá a levantar o rabiosque do sofá para o confirmar! :p

Ritinha disse...

Sabes que no que toca a carros, não é preciso ter-se um pai teimoso, basta ser homem! :p

Sloguótica disse...

Os homens, quer sejam pais, namorados/maridos ou amigos, têm a mania que nós mulheres não percebemos nada de carros e não sabemos conduzir! Mas estão muito enganamos... eu tenho visto muitos homens que ao volante são um verdadeiro desastre!! : )

Bloguótico, e que tal os homens começarem a confiar nas mulheres no que toca aos carros e à estrada? : p

Raven disse...

Ish!! Que irritante!

Karochinha disse...

É o que se pode chamar de mecânico de bancada, pois assim sentadinho no sofá, o teu Pai "vê" logo e de caras que o teu carro não tem mesmo problema nenhum....o problema és tu que não sabes conduzir um carro com o pneu furado, a gente está sempre a aprender com os mais velhos (e com os homens no geral), chiça! eheheh
Beijocas nossas ;)

Susi disse...

Ahahahhaah ai que a ler isto até me irritei com a teimosia toda ahah! Mas a Gasper tinha razão eheh :p

Estudante disse...

:P é verdade que quanto mais parecidos somos pior nos damos!

eu-sou-eu disse...

Entendo-te tão bem. Cá em casa é igual -.-

guess disse...

Bem, se o pai fosse alentejano, aposto que era "da Cuba". Não se desviam, nem do comboio.
Pisa aí, comboio dum cabrão, que tás a pisar no pé dum homem. ahahah

Kim III disse...

Aiii deves ter ficado possessa! Eu ficava xD

Soraia disse...

Ahahah ai que pai chatinho :b

Ju disse...

ahahahaha, mas que feitiozinhos :P

Palmier Encoberto disse...

Congratulatios! YOU WON! Por isso é que papai e ficou tão danado... Será caso para dizer que o furo valeu a pena? :)

S'M disse...

Tem a mania que sabem tudo sobre o carro, mas depois...

Gasper disse...

Palmier, ahaha confesso que até fiquei contente. Passou-me quando tive que pagar 2 pneus novos :P