sábado, 1 de novembro de 2014

Só a mim

Ontem, estava calmamente a trabalhar com o carro estacionado no parque da empresa. Vem um colega alertar-me para o facto de ter deixado a janela da frente do meu carro aberta.

Ora estava sol, mas dado que vivo nos Açores e estar sol não é sinonimo de não chover, fui fechar a janela do carro.

Chego ao parque de estacionamento, vejo o meu carro com a janela aberta, pego na chave e Click destranco o carro. Aproximo-me, abro a porta com a chave esticada para colocar na ignição...

Ouve-se um grito estridente vindo de dentro do meu carro...

Eu assusto-me. Eu grito que nem pita histérica quando vê o Justin Bieber. O coração a saltar-me pela boca. Como, como é que tem alguém dentro do meu carro?! COMO??!

A pessoa que está dentro do meu carro pára de emitir gritos histéricos. Agora grita palavras e alguns, ou muitos, palavrões.

Estou ainda a tremer. Continuo sem perceber o que está a passar no meu carro.

Ah, espera. Este NÃO é o meu carro. É o carro de alguém que resolveu dormir uma soneca tranquila, depois do almoço, dentro do seu carro.

Ah, já percebi. 

3 comentários:

JS disse...

Era giro ser um casalinho e estar... a acasalar, vá. eheheh

Pseudo disse...

heheheh...algo parecido me aconteceu: eu tentar abrir um carro com o meu comando, eu dar 3 voltas ao carro e não perceber porque é que o comando não funcionava (qd tinha funcionado 5 mnts antes, quando o parei)...e afinal a cor era a mesma, o modelo tb, mas a matrícula não. :)...O meu carro estava 2 carros ao lado. :)

Gasper disse...

Pseudo, eu tive o azar do carro igual ao meu estar destrancado. Até achei que o meu comando tinha funcionado ahaha